Imprimir

O que Cremos

  • Cremos na Bíblia (Sola Scriptura)

A Bíblia é a nossa única regra de fé e de prática. No decorrer dos séculos muitas foram as investidas dos homens contra a Bíblia. Tentaram destruí-la, alterá-la, corrompê-la, contudo, Deus é soberano e sempre a preservou do erro. A Bíblia é a palavra de Deus, por isso, ela tem o poder de transformar vidas e de conduzir os homens à salvação (Jo 17.17; 2Tm 3.16,17; Hb 4.12; 2Pe 1.21).

  • Cremos em Jesus Cristo (Solus Christus)

Jesus Cristo é o único mediador entre nós e Deus. Somente Jesus Cristo morreu para nos salvar. Somente ele nos livrou da condenação do pecado que pesava sobre nós. Somente ele viveu de modo perfeito e obedeceu completamente à lei de Deus. (1Tm 2.5; Rm 8.1; Rm 5.19; Jo 14.6).

  • Cremos na Graça (Sola Gratia)

A salvação do homem não é obtida por nada de bom que ele possa fazer, e sim pela graça de Deus. Somente Deus com sua graça pode estender a mão ao pecador e tirá-lo de uma vida de pecado, sem sentido e sem esperança. Somente a graça de Deus pode iluminar um coração que está em trevas e fazê-lo enxergar a misericórdia e o amor de Deus em Jesus Cristo. Somente a graça de Deus pode dar vida aos que estão mortos (Ef 2.8; Sl 40.2; Ef 1.18; Ef 2.1).

  • Cremos na fé (Sola Fides)

Visto que somos salvos somente pela graça de Deus, o meio pela qual obtemos acesso a ela é a fé. Somente crendo na eficácia do sacrifício de Cristo e vivendo pela fé em Jesus pode uma pessoa ser salva (Ef 2.8; Rm 3.21-28; Rm 5.1; Gl 3.11).

  • Cremos que só Deus merece glória (Soli Deo Gloria)

Ao contrário do que a nossa sociedade prega, o homem não é o centro do universo. Existe um ser infinitamente maior, absolutamente soberano, que controla todo o universo de acordo com a sua vontade. Um Deus que é amor, justiça e verdade. Um Deus que viu a miséria e a degradação do ser humano, por causa do pecado, e o amou. Amou tanto que enviou o seu próprio filho para morrer em nosso lugar, pagando o castigo que nós merecíamos (At 4.24; Mt 10.29; 1Jo 4.8,16; Sl 50.6; Jo 14.6; Jo 3.16).